Archive for CONVERSAS A PASSO DE CARACOL

Novidades!

 

2009_02270022

 

 

Já há mais novidades no Catálogo!

Ver categorias:

– Artigos para casa-de-banho

– Artigos para quarto

– Bolsas, malas e sacos

 

Na imagem estão as novas saboneteiras da «Margarida» e do «Jasmim». Bolsas, de turco, para guardar os sabonetes. Um presente bem «cheiroso», já a pensar na Páscoa.

 

Anúncios

Leave a comment »

Percurso

Percurso

 

Na minha infância aconteceu muitas vezes a minha mãe pegar-me na mão, conduzir-me até à janela do quarto e depois ficarmos ali, de narizes encostados à vidraça, a olhar para uma serra muito verde que tinha lá no alto um palácio cor-de-rosa com muitas torres. Dizia que era o nosso palácio encantado. Eu, guiada pelo gesto do seu dedo indicador, fixava o meu olhar naquele lugar de magia e mistério e deixava-me embalar nas histórias que ela me contava. Faz de conta que ali vivem reis, príncipes e princesas… Faz de conta que na serra existem fadas… Faz de conta que ela é habitada por duendes que cuidam dos jardins e que à noite visitam os sonhos dos meninos… e visitavam muitas vezes os meus sonhos.

Hoje, materializo muitas dessas figuras dos sonhos nos tecidos que pinto e que vou costurando. Peças criadas num pequenino atelier onde tintas e pincéis, linhas e botões, desenhos e tecidos, muitos, muitos tecidos com diferentes cores e padrões se amontoam em prateleiras que se estendem até ao tecto, numa espera, que se quer breve, para dar vida a personagens de um mundo imaginário. Nesta oficina do faz de conta parece já não haver espaço para mais nada, excepto para uma coisa – a imaginação.

Nesta casa de uma só janela, todos os dias se dá forma, nos tecidos, a simpáticas figurinhas habitantes do reino da magia. O Jasmim e a Margarida vêem de lá. São dois irrequietos duendes que habitam o 5.º andar de um velho tronco de plátano plantado mesmo, mesmo no centro da Floresta Encantada, a que rodeia o palácio cor-de-rosa.

Todos os dias, à hora que nenhum relógio consegue registar, apanham boleia do caracol Pé-de-Vento e, num abrir e fechar de olhos, aí estão eles prontinhos a servirem de modelo às peças que por aqui se fazem.

Na oficina A passo de caracolÒ, dia após dia, a imaginação e a fantasia acontecem.

Vão estando atentos!

Comments (1) »